TAG: a minha moda

Há muito tempo, em uma galáxia muito distante, a Lu Ferreira do Chata de Galocha gravou um vídeo respondendo essa tag lá no canal dela. Eu adorei a ideia logo de cara (é engraçado como não vejo muitas tags sobre moda nesse mundo de blogs) e, desde então, fiquei morrendo de vontade de fazer também.

Demorou, mas finalmente tô aqui pra fazer a minha versão, dessa vez em texto, respondendo 10 perguntas sobre estilo pessoal. Não vou taguear ninguém porque quero que todo mundo se sinta à vontade pra responder as perguntas, seja em vídeo ou em post, e claro, deixar o link depois aqui nos comentários pra eu ler. :)

1. Qual tipo de roupa você nunca usaria?

Nunca é uma palavra muito forte, vocês também não acham? Não gosto de dizer que nunca usaria uma determinada peça porque acho que nossos gostos e vontades mudam muito ao longo da vida. Concordo que é normal a gente ter um estilo mais ou menos definido, mas isso não nos impede de testar coisas diferentes também, né? (Aliás, essa é uma das partes mais legais da moda!) Por isso mesmo, aprendi que muitas das roupas que um dia eu já achei estranhas ou que imaginava não terem nada a ver comigo, tempos depois me convenceram não apenas que eram legais, mas que também podiam ficar incríveis no look.

Portanto, o que eu não usaria agora são saias longas, que além de não serem peças que eu gosto muito, também me achatam e me “engolem” de um jeito que eu não me sinto bem. Ah, não usaria crocs também! Todo mundo fala que eles são muito confortáveis, mas acho que se esse for o único bônus da parada, tem mais uma penca de sapatos bonitos e confortáveis por aí à disposição pra gente escolher haha.

2. Qual tipo de roupa que você ama usar?

Sou apaixonada por roupas bastante femininas, especialmente saias e vestidos bem rodados. Acho que a silhueta em A fica bem em mim, e gosto de peças com uma pegada anos 50/60. Agora, se for pra escolher só uma peça, fico com os vestidos. Eu amo pernas de fora, haha, e vestidos em especial me soam muito mais libertadores.

3. Qual estampa você menos gosta ou não gosta?

Tirando bolinhas e listras, eu não sou de usar muitas estampas. Ta aí uma coisa, inclusive, que eu queria muito mudar no meu guarda-roupa! Acho incrível quando alguém faz um mix de estampas nada esperado que fica com um resultado lindo e surpreendente.

Pensando rapidamente aqui em alguns tipos de estampas, acho que as que menos combinam comigo e consequentemente as que menos uso são as de estilo étnico.

4. Que roupa você só usou por ser um presente ou já usou alguma roupa só por ter ganho?

Definitivamente eu não sou o tipo de pessoa que usa algo que não gostou só porque foi um presente.

O que já aconteceu algumas vezes foi eu ganhar uma peça de roupa que provavelmente não teria comprado se visse na loja, mas que em casa, provando e testando com outras peças, ganhou meu coração. Agora, se a roupa realmente não faz meu estilo e não dá certo com mais nada do meu guarda-roupa, eu não uso mesmo. Sábado mesmo falei aqui no blog sobre como a gente não pode fazer algo só pra agradar os outros e tá aí mais uma prova disso. Nesse caso aqui, prefiro doar a peça pra alguém que vai usá-la muito mais do que eu.

5. Tomara que caia é…?

Algo que, em geral, não combina comigo. Digo em geral porque dependendo da peça (acho lindo, por exemplo, macacões que tem a parte de cima tomara que caia) ou da cor (preto, preto, preto!), ele pode me agradar sim. Quase sempre tomaras que caia não ficam legais no meu corpo porque eu tenho muito busto e eles marcam ainda mais essa região – e de um jeito não legal, digamos assim.

6. Saia ou vestido?

Como eu disse ali em cima eu sou apaixonada pelos dois, mas na hora de escolher, ainda sou mais da turma do vestido. Além da tal sensação de liberdade que eles me dão, acho que que vestidos são mais versáteis do que as pessoas pensam.

Não dá pra fazer com todos, claro, mas em vestidos mais sequinhos eu tenho um truque que sempre funciona muito bem: uso um suéter ou blusas não tão largas sobre a parte de cima, de modo que só apareça a parte debaixo do vestido, “transformando” ele em uma saia. O contrário também vale, ou seja, para “transformá-lo” em uma blusa é só usar por cima dele saias que sejam um tanto mais longas e amplas do que a sua parte de baixo. Quase sempre dá certo e eu sigo feliz usando meus vestidos de um monte de jeitos diferentes hahaha.

7. O que as pessoas te dizem que é feio, mas só você acha bonito?

Não que todo mundo ache feio, mas às vezes rola uma resistência bastante boba com oxfords (que eu amo!). Eu acho o máximo essa pegada um pouco mais masculina que alguns deles têm, porque além de ajudarem a equilibrar meu visual girlie (e que em excesso eu acho bem esquisito), eles também são muito comuns em um dos estilos que eu mais admiro: o boyish!

8. O que seria uma roupa vulgar?

Em pleno 2016 esse tipo de pergunta é meio inacreditável, hein?

Desculpa, gente, mas me nego a responder isso. Eu acho essa palavra muito tosca, cheia de preconceitos e julgamentos horrorosos. Existe uma ideia muito degradante por trás do termo, especialmente quando estamos falando de moda feminina, que só serve pra oprimir ainda mais as mulheres. Tô fora disso!

Próxima pergunta, por favor!

9. Quais as 4 cores que você mais tem no seu guarda-roupa?

Me senti muito básica agora, já que a verdade é que minha arara de roupas é dominada pela cores preta, branca, cinza e azul.

10. Qual a cor ou cores que você não tem e nem vai ter de jeito nenhum no seu guarda-roupa?

Eu até tenho uma camiseta amarela no meu guarda-roupa, mas a verdade é que eu costumo fugir um pouco dessa cor porque não acho que ela combine comigo. Como eu sou muito branquinha, parece que ela “morre” em mim e fica tudo muito opaco, sem vida, sem luz. Não gosto não!

Espero que vocês curtam as perguntas e se animem a respondê-las também.
Bisous, bisous e até amanhã!

Christmas Wish List da Zaful!

Natal é de longe minha época preferida do ano, e eu amo o fato de que venho de uma família extremamente grande, festeira e que dá uma importância enorme à essa data, fazendo questão de reunir todo mundo na noite do dia 24. É nossa tradição fazermos uma ceia cheia de gente, – minha família além de enorme é descendente de italianos, então imaginem a algazarra! – e celebrarmos a data do jeito que ela merece. E, claro, sempre com um amigo secreto (ou inimigo) e algumas trocas de presentes.

Por isso que fiquei mais do que animada quando a Zaful me convidou a fazer essa wish list de Natal, já que, além de adorar dar e receber presentes agora no final do ano, eu amo fazer listas de todas as coisas que tenho vontade de me presentear, ou presentear os amigos, ou presentear o namorado, ou… Enfim, vocês entenderam, né?

E achei maravilhoso que eles tão com uma promoção especial de produtos pra essa data! Vale a pena olhar todas as categorias de Natal que eles têm: Party Dresses, After the Party, Handbags e Jewelry. Tá tudo maravilhoso!

1. Vestido justo com decote profundo. (R$ 65,47) Eu fiquei completamente chocada com a beleza desse vestido e amei que ele faz uma linha meio Balmain, sendo chique e mega sensual ao mesmo tempo. O print dele é maravilhoso e eu fiquei com essa sensação de que nos ombros são pedras mesmo (nessa região ele tá um pouco levantadinho, não?). Entrou pra minha lista de vestido dos sonhos!

2. Casaco reto vermelho. (R$ 134,84) Eu tô atrás de um casaco de corte reto como esse da foto já faz tempo e achei esse daqui muito belo, especialmente por ele ser vermelho, mas manter as linhas de corte da peça todas em um preto bem chamativo. Deixa a roupa mais imponente, vocês não acham? E achei um capricho as suas golas e punhos! Já consigo até imaginar eu saindo da festa de Natal e jogando ele por cima do meu vestido preto haha.

3. Casaco quadriculado. (R$ 142,55) Esses dias tava reparando como eu não tenho absolutamente nada quadriculado na minha arara de roupas. E vendo um casaco com esse da foto, eu me pergunto o porquê disso, afinal, ta aí a prova de que existem sim peças com essa estampa que são belíssimas. Esse daqui me conquistou especialmente pelos tons mais escuros muito bem combinados e por esse botões maravilhosos, que pra mim fazem uma diferença enorme em casacos. Olha a gola que maravilhosa que fica fechadinha assim!

4. Trench coat nude. (R$ 111,72) Esse é o trench coat clássico, que vai bem com tudo e que te salva nas mais diversas ocasiões quando parece que nada combina com a sua roupa. Eu até tenho um bem parecido, mas uso tanto e há tanto tempo, que preciso muito de um novo. Essa é uma peça que eu compro sem nem pensar duas vezes porque tenho certeza que é algo que eu vou usar até enjoar (mentira, nunca enjoo haha).

5. Vestido em A. (R$ 69,33) Esse vestido aqui eu achei bem dois em um porque dá pra usar em ocasiões mais chiquezinhas, com salto e uns acessórios mais impactantes, mas também rola de usar pra sair à tarde, com uma sapatilha, por exemplo. E tem, é claro, todo esse charme dele de ter essa silhueta em A, que pelos shootings aqui do blog já deu pra perceber que eu amo demais.

6. Vestido preto justo. (R$ 61,62) Esse vestido aqui é preto, belo, sequinho, mas nem por isso simples demais ou sem graça demais. O barrado dele é super delicado e eu achei uma graça esse tipo de decote! Acho que deixa o colo mais bonito e mais atraente. Além disso, ele é um vestido que você pode usar no Natal e incansáveis vezes depois, porque mesmo “pra festa”, ele cai bem em diversos tipos de situações.

7. Vestido com top cropped e renda. (R$ 123,28) Apesar de eu achar que esse vestido seria too much pra ceia de Natal com a minha família, ele entrou pra minha wishlist, porque né, uma garota pode sonhar haha. Eu acho linda essa brincadeirinha de mostra esconde que ele faz com o top cropped da parte debaixo e as rendas da parte de cima. Acho que ele é aquele tipo de vestido que te faz deslizar pelo salão de tão linda que você se sente dentro dele.

8. Anel geométrico. (R$ 23,16) Tudo que eu tenho de receio com pedras no look, eu tenho de desprendimento com pedras em anéis, que são meus acessórios preferidos. Especialmente em um assim, com três pedras geométricas, de tons tão lindos. Achei muito diferente e muito, muito belo.

9. Bolsa azul royal. (R$ 169,53) Eu acho esse tom de azul maravilhoso para roupas e acessórios, e ele casou tão bem com o modelo da bolsa que foi amor à primeira vista.  A maior parte das minhas bolsas são molengas (só tenho uma preta mais rígida), e eu tava querendo mais bolsas assim, durinhas, porque acho que elas combinam mais com vestidos. E tem um plus ainda: fui ler mais informações sobre a peça e vi que além desse fechinho aparente, ela tem uma parte de zíper por dentro também, o que pra mim é muito importante porque eu sou mestra pra derrubar as coisas hihi.

10. Trio de anéis dourados. (R$ 16,80) Por fim, mas não menos importante, esse trio de anéis gracinha, daqueles que se usam nas pontinhas dos dedos, sabe? Eu ainda não tenho nenhum desses e confesso que no começo eu os achava meio esquisitos, mas, depois que eu experimentei alguns modelos, me bateu essa vontade doida de usá-los e combiná-los com coisas diferentes. Esses daqui, por exemplo, são lindos e bem discretos, e pra minha primeira vez com um anel desse tipo acho que são uma ótima pedida, né?

E a wish list de Natal de vocês, como é que tá? Contem aqui nos comentários e não deixem de dar um pulinho lá na Zaful pra conhecer todos os produtinhos com descontos natalinos.

Bisous, bisous

O melhor do red carpet #aquecimentoOscar

Esse mês tem nada mais nada menos que a premiação mais aguardada do cinema… o Oscar! Dia 23 vai estar todo mundo grudado na telinha da TV – ou do computador, no meu caso – acompanhando o tapete vermelho e as premiações da noite. Mas enquanto esse dia não chega, dá pra assistir os indicados (to atrasada na minha lista desse ano, poft), fazer suas apostas e também um aquecimento pra premiação! Por isso, até dia 23 de fevereiro vou fazer uma série de posts aqui no blog que falem sobre o Oscar, seja o de 2013 ou de anos passados. Eles vão ficar todos na categoria Cineminha, a qual eu espero que cresça muito esse ano porque quero falar bastante de cinema por aqui.

Então, pra inaugurar essa série eu decidi começar pelo lado mais modístico da coisa: o red carpet. Com uma mega ajuda do The New York Times, fiz uma seleção de trajes que arrasaram – junto com suas respectivas moçoilas (haha) – no tapete vermelho. E olha o tanto de roupas e pessoas inspiradoras que já passaram por esse tapete desde 1997!

Gwyneth-Paltrow-Oscar-2012

Começar logo causando polêmica, já que esse vestido da Gwyneth Paltrow é ame-o ou odeie-o, assim mesmo sem meio termo. E eu amo. Penso aqui comigo que se fosse em outra pessoa talvez não tivesse o mesmo efeito, ainda mais com essa mistura de ‘vim do futuro’ com ‘sou uma deusa grega’ haha. Mas ela segura tão bem a pose que quando olho pra essa capa imagino ela deslizando pelo tapete e não andando. E afinal, red carpet bom é red carpet em que alguém se arrisca. E nesse quesito, Gwyneth arrasou!

  • Desde o ano passado, Ryan Murphy – o cara que escreveu a série Glee – tá em negociações com a Sony pra escrever uma série de comédia musical com um elenco de estrelas invejáveis, do tipo Cameron Diaz, Beyoncé, Andy Samberg e… Gwyneth Paltrow e Reese Witherspoon.

reese-witherspoon-oscars-2007-08

Reese Witherspoon pode até não ter feito muita graça no cabelo, mas o vestido compensou. Vestidos com camadas tem uma linha ali bem tênue entre ficarem lindos e horríveis, mas esse tá super bem dosado! E elas vão aumentando e virando uma cauda toda em degradê, – o que eu acho bem fora do óbvio de tudo que a gente costuma ver em tapete vermelho – mas sem ser over demais. Lindo e original.

  • Naquele mesmo ano de 2007 quando Reese Witherspoon apareceu no Oscar com seu super Nina Ricci, uma atriz deu as caras no red carpet com um Balenciaga pra ninguém botar defeito – e que em 2012 teria uma versão bem parecida, mas dessa vez em pink, usada por Emma Stone. É claro que estamos falando de… Nicole Kidman.

nicole-kidman-oscars-2007-08

Gorgeous! Define bem o modo como Nicole Kidman apareceu nesse red carpet. Acho a silhueta e o caimento do vestido – ainda mais em vermelho – deslumbrantes. E aí pra dar um tchan na produção, tem esses “detalhess” do laço e do véu (?). Nem tão clássico e nem tão diferente.

  • Nicole Kidman tá entre uma seleta lista de mulheres que já conquistaram a estatueta de melhor atriz no Oscar – nesse caso por “As Horas”, em 2002. Além dela, uma outra ganhadora desse prêmio faturou a estatueta não uma, mas duas vezes! A primeira por “Meninos não choram”, de 2000, e a segunda por “Menina de ouro”, em 2005. Essa façanha só podia mesmo ter vindo de Hilary Swank.

Vaydepnhat-oscar2012-5

Como não amar esse decote nas costas de Hilary Swank? Particularmente, eu sou fã declarada de costas abertas. Acho elas sexys pra dedéu e de um jeito nada óbvio. Tipo, não é aquele decotão na frente feat fenda do vestido. É todo o poder disso daí de uma maneira bem mais elegante e misteriosa.

  • Hilary Swank nasceu em 1974, mais precisamente no dia 30 de julho. Outra atriz que nasceu nesse mesmo, só que em 28 de abril é Penélope Cruz.

pic

Penélope Cruz é uma das poucas que sempre se veste incrivelmente bem no tapete vermelho. Muita gente elege a escolha dela de 2007 como um dos vestidos mais lindos de todos os tempos do Oscar. Longe de mim discordar disso, mas aqui tá a prova de que bem antes disso ela já deixava todo mundo suspirando quando chegava pra premiação.

  • Penélope Cruz é adepta de uma dieta que agora tá fazendo sucesso no Brasil, a Dukan, – o nome vem do inventor dela, o nutricionista Pierre Dukan – mas que lá fora já era bem conhecida. Baseada em uma alimentação rica em proteínas e que promete um emagrecimento rápido (sou sempre pé atrás com essa história de emagrecimento rápido, mas enfim), além de Penélope, a Dukan também era feita por… Jennifer Lopez!

jennifer-lopez-oscars-2007-009

Eu adoro esse vestido porque 1) todo mudo esperava a Jennifer Lopez em algo super sexy, cheio de fendas e decotes, mostrando bem essa sensualidade que só ela tem. Mas aí ela vai lá e quebra com as expectativas de todo mundo mostrando que não é bem assim. 2) O vestido não precisa de muito esforço pra ser querido. Acho ele clássico, porém adicionado de toques rycos lá em cima. Engraçado que eu poderia esperar tudo dela, menos uma beleza clássica como essa que ela mostrou. E adoro quando as pessoas surpreendem no quesito roupa.

  • Em 1998, Jennifer Lopez emprestou sua voz para a animação “Formiguinhas Z”, onde dublou a personagem Azteca. Anos mais tarde, mais precisamente em 2006, um outro filme de animação sobre formiguinhas, “Lucas, um intruso no formigueiro”, tinha como dubladora da personagem Hova, tchan tchan… Julia Roberts!

Jerzy Dabrowski Celebrity Archive

Julia Roberts foi para a premiação de 2001 – onde faturou a estatueta de melhor atriz pelo filme “Erin Brockovich” – com um vestido vintage preto e branco Valentino de 1982. Um clássico de fazer o coração disparar.

  • Julia Roberts é a garota propaganda do perfume da Lâncome “La vie est belle” (A vida é bela), mas não é a única a emprestar seu rosto – e sua beleza – para a imagem de um perfume. Outra que fez o mesmo, mas dessa vez com o “Manifesto” da Yves Saint Laurent, foi Jessica Chastain.

Jessica Chastain

E pra fechar com chave de ouro, Jessica Chastain em um maravilhoso Alexander McQueen (sintam o tanto de redundância que tem nessas últimas palavras). Se eu tivesse que escolher apenas um vestido pra eleger como meu predileto do Oscar, por mais difícil que fosse essa decisão, não teria como esconder meu amor por esse aqui. Adoro o modo como ele abre da cintura para baixo (sem ser super rodadão) e acho impactante esses desenhos dourados que contrastam com o fundo preto. Tem a cara do McQueen em cada milímetro dele. <3

  • E adivinhem? Jessica Chastain foi cotadíssima para o papel de uma cientista mega inteligente em “Homem de Ferro 3”. Apesar da participação não ter rolado, a série “Homem de Ferro” teve a presença de uma outra atriz muito famosa desde seu primeiro filme.

Beijo pra quem chutou Gwyneth Paltrow!