Daisy – Marc Jacobs

“A mulher que não usa perfume não tem futuro.”

Coco Chanel

É claro que a meta número um de um perfume é ele fazer a gente se sentir conquistada por sua fragrância. Pode até ser de um jeito maluco, quando a gente associa aquele cheiro com um certo momento, pessoa ou cena da nossa vida (quem nunca?), transformando o aroma em uma lembrança. Ou pode simplesmente ser de uma forma que deixe a gente mais disposta a enfrentar o mundo lá fora, sabe? Tornando a gente mais corajosa e confiante.

Só que se além de tudo isso esse perfume também tem uma embalagem que é linda, que mais decora nossa penteadeira do que os móveis que foram comprados pra isso, bom, aí, minha gente, não há coração que não dispare.

Foto do meu instagram, @paulinhav

Daisy do Marc Jacobs é um perfume desse tipo. Além de ter o poder de me deixar mais confiante, ele já tá indiscutivelmente associado ao cheiro do meu antigo quarto na casa dos meus pais. E, como cereja no topo do bolo, faz o papel de objeto de decoração da penteadeira. Diz se tem como não amar?

 

Imagina um buquê de margaridas saindo da tampa do seu perfume? haha Parece ser bem extravagante, – e é! – mas me diga afinal qual perfume do Marc Jacobs não tem essa assinatura nada convencional do designer? Olhem o Honey, olhem o Dot ou até o Oh, Lola, todos perfumes do Marc que tem exatamente essa pegada de trazerem um design todo especial à embalagem do produto. Só que apesar do Daisy ter toda essa exuberância na tampa, as cores claras usadas nas flores deixam o frasco um charme, sem ser aquela coisa exagerada em cima da penteadeira que parece atrair todos os olhares.

Outro ponto positivo da embalagem é que as pétalas são feitas de vinil e gostosas de manusear, fora que como o frasco é mais retangular, a gente não corre aquele medão de bater o braço sem querer e derrubar tudo no chão. Quem é desastrada como eu sabe do que eu to falando haha.

Tentem tirar da cabeça aquela imagem clássica de perfume doce enjoativo. Apesar dele ter um aroma que remete as flores, o Daisy é fresco, não deixa a gente com aquela coceira no nariz e nem irrita quando alguém do lado tá usando. Ele é bem suave e como tem um tempo de fixação grande, é uma ótima escolha pra passar no começo do dia e ir enfrentar o trabalho, almoço, faculdade e o que mais você tiver na sua agenda.

E ah, lembram das explicações de nota de cabeça e nota de fundo desse post aqui? Então, na Sephora diz que nesse perfume do Marc Jacobs as notas de cabeção são o morango e as folhas de violeta e grapefruit vermelho, enquanto as de fundo são o musk, a baunilha e madeiras brancas. Só coisa cheirosa, mon dieu! E eu amo que no site da marca, na parte em que eles falam do perfume, foi usada uma definição que resume muito bem a sua essência: “ele é sofisticado, mas não é sério”. Desculpa aí, mas Marc tá apenas jogando a real pra gente de que pra ser elegante ninguém precisa ser boring haha (fatão!)

Na Sephora, o frasco de 50ml do Daisy sai por R$ 285,00, enquanto o de 100ml por R$355,00.

Quem aí tiver o perfume, conta aqui nos comentários o que acha dele.

Bisous, bisous

Eles indicam: perfumes!

A ideia funciona assim: a cada post dessa categoria um trio de pessoas inspiradoras virá aqui dar uma indicação de qual é o seu “insira aqui o tema da edição” preferido. E vai ter de tudo, de beleza a moda, de gastronomia a turismo, dando dicas e inspirando todo mundo nas mais diferentes áreas.

E, pra estrear com chave de ouro, decidimos falar então de perfumes, com a condição de que além de cheiros deliciosos eles tivessem também embalagens pra morrer. Bem naquele estilo pacote completo de beleza.

Aqui embaixo então, estão as indicações das queridas Isabelly Lima, Camila Faria e Marina Espindola. Enjoy!

Parisienne - Yves Saint Laurent

“Certo dia estava na Renner, daí vi o vidrinho mágico e pedi a moça pra sentir o cheiro do “Parisienne” do Yves Saint Laurent. Foi amor. Perguntei o preço, fiz cara de paisagem [chocada com o preço] e não comprei. Fiquei com vontade de ter a fragrância em casa, depois de uns dias pensando muito voltei e garanti um pra chamar de meu. Virou meu perfume favorito, é suave e tem uma ótima fixação. Olhei na internet e descobri que possui toque de cereja e amoras. Já disse amor? Muito!” – Autora do Refletindo Moda.

 


O Parisienne foi laçado em 2009 em versões de 30, 50 e 90ml. Na Sephora, ele consta como “the essence of a woman who is incredibly free—she is not from Paris, but Paris adopts her.” Achei de uma lindeza sem fim! E ah, o vídeo da campanha dele é de uma sensualidade extrema, com Kate Moss como garota propaganda.

 

 

Mudando de assunto...

Valentina - Valentino

“Sou apaixonada pelas criações femininas e delicadas de Valentino e os seus perfumes não poderiam ser diferentes. O Valentina, além da embalagem perfeita, tem uma fragrância ao mesmo tempo exótica e suave que eu adoro! E a campanha também é demais, com a linda Freja Beha fugindo pelas ruas de Roma. Como não amar?” – Autora do Não me Mande Flores.

 

O Valentina foi lançado em 2011 e a campanha lindeza a que a Camila se refere é essa daqui (nesse outro link dá pra ver um vídeo que mostra em detalhes o vidrinho, coisa mais graciosa). E nossa, quando você olha os ingredientes do perfume, é de fazer o coração parar: tem jasmin, bergamota, flor de laranjeira e morango.

 

 

 

212 VIP - Carolina Herrera

“Esse perfume é daqueles que não consigo mais viver sem – sempre que acaba, lá vou eu comprar outro! Acho que ele tem mais cara de noite, porque é um pouco forte. Ah, e a fixação dele é incrível, dura o dia inteiro fácil. Sem contar o frasco, que me lembra o formato de uma pílula (muita viagem?), que é lindo! Daqueles pra se apaixonar à primeira vista.” – Autora do Costanza Who?

 

 

 

Só por ter ingredientes do tipo “laranja amarga” e “maracujá exótico” eu já acharia esse perfume especial, mas ele ainda tem uma campanha totalmente “enjoy the party” que é uma delícia! Ele é inspirados nas pessoas vips de New York e pode ser encontrado em frascos de 80, 50 e 30ml.

 

Chloé eau de parfum - Chloé

E sei que ninguém perguntou a minha indicação haha, mas 1) sou enxerida e 2) como ninguém aqui indicou o que eu falaria, tomei a liberdade de terminar o post contando do meu perfume preferido.

Ele chama Chloé eau de parfum e tem uma fragrância floral mega elegante, que mistura peônia rosa, frésia e lichia e que ainda tem umas nuances de magnólia, lírio do vale e rosa.

E não bastasse tudo isso, a embalagem dele é super linda e romântica <3

 

 

E é isso hehe. Gostaram? Se tiverem sugestões de temas, fiquem mais do que à vontade pra deixar nos comentários.

Ps: durante a minha pesquisa sobre cada um dos perfumes indicados pelas meninas, percebi que rola muita confusão entre os tipos de notas de cada fragrância. Deixo aqui embaixo então uma explicaçãozinha rápida de cada uma.

Notas de saída | Também conhecidas como nota de cabeça, são a primeira impressão que temos da fragrância.
Notas de corpo | Também conhecidas como notas de coração, são a alma do perfume, sua fragrância mais pronunciada.
Notas de fundo | Também conhecidas como notas de base, são o último aroma que sentimos, normalmente por possuírem ingredientes pouco voláteis que evaporam gradualmente.

Bisous, bisous