A Holly Jolly Christmas | Links para toda hora (especial de Natal)

Quem me conhece sabe que Natal é minha época preferida do ano e que eu acredito de fato que durante esse tempo, quando o ano vai dando adeus e as luzinhas de Natal vão invadindo a cidade, existe sim uma magia, um espírito, – ou como você quiser chamar – que paira no ar e torna tudo mais leve, mais bonito, mais esperançoso e feliz. Ano passado fiz um texto aqui no blog falando sobre esse sentimento e sobre a importância do Natal pra mim, mas dessa vez quis fazer diferente e decidi compartilhar um monte de links, de textos a vídeos, que vi espalhados por essa internet e falam sobre a melhor data do ano!

Tem indicações de livros, de filmes, tem música natalina e até comidinhas! Só coisas lindas que me fazem ficar ainda mais animada e à espera da noite de hoje.

Portanto, prepare-se pra ser arrebatada pelo espírito natalino haha e já ir entrando no clima pra festa de logo mais.

Livros de Natal

A Pâmela do Garota It fez um projeto chamado “Natal Literário” onde fez uma série de vídeos falando sobre as leituras de livros de Natal. Tem O natal de Poirot, Deixe a Neve Cair, Um Conto de Natal e muitas outras histórias. É só clicar aqui nessa playlist pra ver todos os vídeos do projeto e se programar pra lê-los no Natal do ano que vem ou quem sabe agora nesse finzinho de ano mesmo.

Filmes de Natal

A Carol Guido do GWS fez uma seleção maravilhosa de cinco filmes que tem o Natal como parte do seu enredo ou são clássicos dessa época do ano. Eu preciso confessar que não assisti todos dessa lista, como O Grinch (pois é, shame on me), mas que tô me programando pra resolver esse problema agora entre o Natal e o Ano Novo. Vocês já assistiram todos?

Comidinhas de Natal

Lá no canal do “Tastemade Brasil”, a Isadora ensinou a fazer o peru que aparece no filme “Milagre na Rua 34” (que no filme é feito para o Dia de Ação de Graças, mas né, a gente adapta ao jeitinho brasileiro) e eu fiquei com MUITA água na boca vendo esse vídeo. Além disso, a Danielle Noce do “I Could Kill For Desert” ensinou uma receita de verrine natalina que além de rápida, parece ser fácil de fazer, muito deliciosa e que pode muito bem ocupar o lugar de sobremesa preferida pelos próximos natais.

Músicas de Natal

No comecinho do mês a Fifth Harmony liberou o clipe de “All I Want For Christmas is You”, música clássica da Mariah Carey, mas que foi regravada pelas meninas para o álbum de Natal da Epic Records, o “I’ll Be Home For Christmas”. Eu tenho escutado mais a banda de uns tempos pra cá e tenho que confessar que tô gostando e achando divertido ter mais uma girl band na minha setlist.

Melhor música desse Natal, vai pra essa regravação feita pelo One Direction, Jimmy Fallon e The Roots pra “Santa Claus Is Coming To Town”. Eles cantam, tocam, se divertem e nos divertem com essa versão que ficou uma graça. Desde ontem, já escutei umas centenas de vezes haha.

E, por último, algumas recomendações de músicas que não foram lançadas ou regravadas neste Natal, mas que pra mim são clássicas da época e que valem a pena serem escutadas hoje, antes da hora da Ceia.

Bisous, bisous e Feliz Natal!!

Links para toda hora #5

Roupa de trabalho, principalmente a feminina, ainda é um tema muito discutido hoje em dia.  Se mesmo nos lugares que fazem uso de uniforme, não é difícil perceber algumas características pessoais que cada mulher acaba adotando no visual, nos empregos que dão ainda mais liberdade para você escolher o tipo de roupa que quer vestir, não é de se admirar que a gente acabe encontrando um verdadeiro reflexo da liberdade (ou não) feminina na sociedade daquela época.

Por isso achei tão interessante essas imagens que mostram como a roupa de trabalho feminina mudou ao longo dos anos, mais precisamente desde 1899 até 1999. Mesmo nas fotos em que as mulheres estão usando uniforme, a gente consegue perceber como até essa padronização é reveladora. Fora detalhes super interessante como perceber como a maquiagem adentrou aos pouquinhos os escritórios, como as mulheres começaram a usar os cabelos soltos ou curtinhos e como a roupa ganhou cada vez mais praticidade e conforto, sem que a vaidade fosse posta de lado.

Tô assistindo a sexta temporada de RuPaul’s Drag Race (já começaram a sair anúncios da sétima e eu mal posso esperar pra ela começar logo!) e perambulando pela internet esse mês fui parar nesse post que é velhinho, mas é também atemporal: as lições de autoestima que recheiam esse programa e tornam tudo ainda mais bonito, divertido e maravilhoso.

Quem assiste o reality (e quem não assiste, tem que assistir já!) sabe que o RuPaul é uma pessoa incrível, que incentiva todo mundo que cruza seu caminho a abraçar a si mesmo, a se amar sempre e em primeiro lugar. Mas, além dele, todas as drags que passam por lá têm histórias de vida fantásticas e que fazem a gente aprender um bocado sobre nós mesmos e sobre superação.

O post em questão é bem rapidinho, divertido e cheio de gifs (amo post com gif haha), mas passa bem o espírito do que é o programa e das drags maravilhosas que já apareceram por lá.

Apesar das fotos de street style serem um fenômeno gigantesco hoje em dia, quase sempre quem as estampa são aquelas pessoas que se destacam na multidão, que apresentam um jeito único de se vestir. Mas e o restante de nós? O restante de pessoas que não vão parar nessas fotos, mas que compõem a maior parte das pessoas que estão aí pelas ruas e que apesar de apresentarem característica próprias de estilo, acabam sendo reconhecíveis e massificadas pelas tendências da indústria da moda?

São sobre essas pessoas que nunca saem em fotos, o livro “People of the 21st Century”. Hans Eijkelboom passou 22 anos fotografando pessoas que transitavam por locais bastante movimentados e comerciais, e acabou captando muito mais do que o vai e vem das ruas: captou também o que cada época havia imposto como moda, captou “blocos de pessoas”, captou a massificação de ideias. O intuito foi reunir tudo que ele via com bastante frequência no local, fosse uma roupa, um acessório ou até um tipo de comportamento, e criar diferentes séries de fotografias.

A época em que o jeans reinou absoluto, a época em que as bolsas/carteiras falsificadas com o famoso símbolo da LV invadiram as ruas, a época em que as camisas lenhadoras foram o grande sucesso da vez: está tudo registrado lá, com data, local e ainda muita coisa pra se analisar.

Kim Kardashian é um nome que gera polêmica, seja qual situação for. Entre os mais recentes escândalos (ou baphões, como eu prefiro chamar) que ela protagonizou, teve a tão falada capa da Paper Magazine, onde sua bunda ganhou o posto de bunda mais noticiada, especulada e estudada da história.

Regiões anatômicas à parte, foi no entanto uma outra capa de revista que será estampada por Kim, – a da Elle britânica de janeiro – que chamou a atenção da Thereza do Fashionismo e a fez escrever esse post aqui. Afinal, você já parou pra pensar o quanto Kimberly Kardashian é uma mulher confiante, inteligente pra dedéu – você pode não gostar dela, mas precisa reconhecer que ela é uma mulher de negócios sem igual e com uma noção de auto promoção de fazer inveja –  e, coisa mais legal de se pensar: um símbolo enorme de quebra de padrões de beleza e poder na indústria da moda? Se ainda não, então dá uma lidinha no texto da Thereza e tire suas próprias conclusões.

Fico aqui na torcida então pra que vocês gostem dos links e tenham uma ótima semana!

Bisous, bisous

Links para toda hora #4 | Especial Harry Potter

Impressionante como no último mês, um monte links, fotos e vídeos relacionados a Harry Potter pularam na minha timeline. Minha sincronia com a série tava mais forte do que o normal, e entre um tour pelo museu da Warner Bros aqui, uma receita de suco de abóbora acolá e um novo conto da J. K. Rowling por ali, eu senti de novo aquela sensação maravilhosa de voltar ao universo de Hogwarts.

Eu tenho muita saudade dos livros e filmes, é claro, mas fico super emocionada quando descubro alguma novidade da série que mostra que a magia não acabou (pieguice dando um oizinho). Por isso, resolvi trazer aqui pro blog alguns desses links maravilhosos que têm me feito relembrar e reviver tão intensamente a série, e espero mesmo que vocês fiquem tão eufóricos quanto eu fiquei com cada um deles :}

A Bruna Vieira do Depois dos Quinze voltou recentemente da Europa e resolveu gravar toda a viagem e colocar lá no canal do blog pra quem quiser acompanhar. Todo dia ela sobe algum vídeo mostrando alguma parte do passeio, e eis que entre as paradas na Euro Disney, Torre Eiffell e Palácio de Versalhes, ela fez também um tour pelo Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter (aka museu do Harry Potter em Londres).  É isso mesmo, vocês não entenderam errado. Pode chorar de emoção que eu compartilho do sentimento.

A Bruna gravou tudo (tudo mesmo, são 45 minutos de vídeo! haha) e é tanta coisa, tanta locação, figurino, curiosidade, que eu fico na dúvida do que gostei mais. De brinde ela ainda gravou um vídeo mostrando as coisas que comprou lá, já que na entrada/saída do museu tem uma loja gigantesca de produtos da franquia.

Aqui tem o post com os dois vídeos e eu garanto que não há fã que assista isso e não se emocione!

O Olhos de Ressaca, um dos meus canais literários preferidos ever, tá fazendo um mês especial de Harry Potter! Entre os posts que eles já subiram tem o filme “Magia Além das Palavras”, – produção independente e não oficial sobre a trajetória da J. K. Rowling – uma receita de suco de abóbora (bebida tão amada na série) e um vídeo com a tag “Minha vida em Hogwarts”.

Pra acompanhar o blog e o canal deles então, é só clicar nos links aqui e ficar de olho em tudo que tá sendo preparado de especial pra esse mês. Vindo desse trio, já sei que vai ser só coisa incrível!

No último dia 08 foi aberto ao público o Beco Diagonal do The Wizarding World of Harry Potter, em Orlando. O parque existe desde 2010, mas o Beco Diagonal é a sua mais nova expansão, e assim como no livro, tem tudinho nele, do banco Gringotes ao Caldeirão Furado e até a loja das Gemialidades Weasley. E ah, como essa nova área do parque fica afastada do restante, se você quiser chegar até lá precisa primeiro se dirigir ao Expresso Hogwarts que te levará confortavelmente ao seu destino. Dá pra acreditar? <3

No canal da Universal Orlando Resort dá pra ver em detalhes todo esse lugar mágico, impossível de não deixar a gente embasbacados.

Foi nessa semana também que J. K. Rowling quase matou os fãs de HP do coração ao publicar um novo conto sobre a série (!) no site pottermore.com. A história se passa 17 anos depois e mostra Harry, Rony e Hermione se encontrando na final da Copa Mundial de Quadribol. Vários outros personagens também aparecem no texto, que foi todo escrito como se fosse uma reportagem da Rita Skeeter para o Profeta Diário (cheio de especulações, ironias e tiradas, bem ao estilo da jornalista).

Aqui tem o conto em inglês e traduzido pra quem quiser ler, e só posso dizer que fiquei morrendo de vontade de abraçar a J. K. por ter feito isso. Alguns detalhes especiais do texto me fizeram mesmo imaginar os personagens tanto tempo depois ;’)

E vocês, tem algum link de Harry Potter que também querem compartilhar? Se tiverem, mandem aí, gente, que a pessoa aqui agradece imensamente haha.

Bisous, bisous

Links para toda hora #3

Nas poucas vezes em que foi atualizada, essa categoria aqui se chamava “links do fim de semana”. Só que aí hoje eu percebi que tinha uma série de indicações e links legais acumulados que queria trazer para o blog e cadê paciência pra esperar a sexta-feira chegar? Então pra resolver o problema, dei um truque, mudei o nome da categoria e pronto haha.

Ah, gente, inspiração não precisa de dia certo não!  E, cá entre nós, mesmo que no final de semana a gente tenha mais tempo pra ler e ver essas coisas, nas pausas do dia-a-dia a gente pode escutar uma música ou ler um texto e voltar renovados pra rotina. Por sinal, acho isso uma ótima forma de recarregar as energias.

Então, espero que vocês curtam os “Links para toda hora”. E quem aí tiver coisas legais pra compartilhar também, por favor, a caixa de comentários é toda sua!

Mudando de assunto...

A Capitolina (intimamente eu a chamo de Capitolinda) é uma revista online independente para garotas adolescentes. E ela tem um grande diferencial: é feita por gente que segue o ditado “se você quer bem feito, faça você mesmo”. Ou seja, meninas que ao sentirem falta de um espaço na mídia onde fossem verdadeiramente representadas, tendo seus gostos, suas dúvidas e suas vontades mostradas, resolveram que elas mesma resolveriam o problema. Foi desse desejo que nasceu essa revista aqui, que fala de moda, beleza, games, escola, culinária, música e todo um universo que nós meninas, jovens ou mulheres, nos interessamos. E do jeito mais feminista possível, “sem restrições de classe social, raça, orientação sexual, aparência física ou interesses”, como elas mesmo dizem.

Vale MUITO a pena a leitura!

Dá uma olhadinha então na Edição nº 01 da revista (que a cada dia tem um novo texto) e no facebook das meninas.

Não sei se já contei sobre isso em algum momento aqui do blog, mas The Voice é meu guilty pleasure preferido. E não que o programa seja ruim, tá longe disso, mas é que toda vez que uma nova edição começa, eu fico querendo contar sobre tudo que rola no programa pra todo mundo. (Desculpa viu, Diego?)

Nessa sexta temporada, tem Blake e Adam, o bromance mais incrível da TV americana, e Shakira e Usher (como eu adoro esses dois!) no papel dos mentores. E do outro lado, no palco, tem muita gente talentosa querendo ganhar o programa. Tanto que nessa edição teve uma das batalhas mais épicas – e lindas, fofas, emocionantes e insira aqui seu adjetivo do bem preferido.

Jake Worthington, um dos responsáveis por essa apresentação, já tinha tentado uma vaga no programa na temporada passada, mas não conseguiu ser selecionado nas blind auditions. Corta pra 2014 e temos três cadeiras virando para sua apresentação às cegas desse ano. Quando chegou na segunda fase de batalhes, ele, do alto dos seus 17 anos (!), enfrentou Tess Boyer, que agora é também uma das minhas preferidas do programa. E olha, não sei nem dizer quantas vezes eu já vi esse vídeo dos dois cantando “Have a little faith in me”. É emocionante!

Vejam com seus próprios olhos e venham se juntar a mim no coro de “ai, como essa versão é maravilhosa!”

 

Vocês já sabem da minha história com maquiagem e das dificuldades que sempre encontrei pra cair de cabeça nesse mundo. Só que aos pouquinhos eu tô invertendo esse jogo e um dos responsáveis por isso com certeza é o The Beauty Department. Esse blog é uma mão na roda pra qualquer um que se interesse minimamente pelo mundo da beleza, e ele tem me ajudado tanto, que olha, vocês não fazem nem ideia! Ele traz dicas, tutoriais, guias, informações sobre produtos, DIY e muito mais. E tudo isso sempre vem acompanhado de imagens com passo a passo ou vídeos muito bem explicadinhos do assunto. Eu amo o cuidado que eles têm ao fazer cada texto e ao mostrar cada sequência de fotos. É tudo muito bem feito pra gente realmente pegar o que eles tão ensinando e sair por aí botando em prática.

Amo/sou The Beauty Department.

A Pixel TV acabou de sair do forno e tá com a edição zero aí online pra quem quiser ver. Eu tenho que dizer que tô muito orgulhosa de fazer parte desse projeto, e confesso que ainda tô enfofada das meninas terem pensado em mim e me chamado logo que surgiu a ideia da coluna Ponto a Ponto.  Nessa edição, além de assinar esse texto, que fala sobre o The Rory Gilmore Reading Challenge (pag. 24), assino também uma matéria sobre serviços de streaming brasileiros (pag. 48). E lá no blog da Pixel, um pouquinho antes dessa primeira edição ir ao ar, contei da onde surgiu a inspiração para a minha coluna. Pra ler, é só clicar aqui.

Mais indicação de revista digital porque pra mim revista nunca é demais. Nunquinha mesmo. Poder ser virtual ou de papel, manda pra cá que eu vou amar ler.

Essa daqui eu descobri por causa da Melina do A Series of a Serendipity que falou sobre ela lá no blog. A Stylist Magazine é uma revista distribuída semanalmente no metrô de Londres e que há algumas semanas ganhou uma versão digital (eee) e gratuita (eee²). Eu não conhecia a revista, mas corri baixar e pronto, agora que a bateria do meu celular não dura mais pra nada mesmo. Virou vício. Fora que as capas são muito lindas – tem uma de “100 inspiring quotes for life” toda coloridinha que é amor eterno, amor verdadeiro.

Se alguém aí baixar e ler, conta aqui depois o que achou :)

Bisous, bisous e boa quinta-feira o/

Links para toda hora #2

E a notícia que a meteorologia dessa semana nos trouxe deixou todo mundo que é apaixonado por frio muito animado, afinal, a mais intensa massa de ar polar dos últimos anos tá chegando aqui no Brasil a partir desse final de semana. Ou seja, bora botar todos os trench-cotas, cobertores, luvinhas, casacões e meias-calças fio 80 pra fora do armário. Ficar quentinho é palavra de ordem!

E pra esquentar ainda mais esses próximos dias, vem ver esse tanto de links legais pra ler enquanto tá embaixo das cobertas tomando um chocolate quente ;}

O blog “Tutorial de Vida” é das coisas mais legais de ler que você possa imaginar. Legal porque ao mesmo tempo que ele é engraçado e faz a gente rir sozinha em frente ao computador, também nos deixa com uma pulga atrás da orelha. Isso é tão verdade que depois de ler qualquer texto dele eu sempre me pegava pensando sobre aquilo que tinha sido dito e, no final, acabava que encontrava algumas semelhança com algo que já aconteceu ou acontece na minha vida. Uma coisa meio louca, mas que faz a gente criar uma simpatia gigante pela sua dona, a Fernanda Lopes. E vocês não sabem o melhor de tudo. O jeito dela escrever esses tais “tutoriais de vida” tão no extremo oposto de qualquer regrinha ou manual que existe. A Fernanda fala do jeito mais divertido possível e faz uma coisa que é uma mania minha já de muito tempo (e que agora descobri não estar sozinha no mundo haha): usar personagens de séries e filmes pra conectar com as histórias nossas de cada dia.

Leiam e se divirtam!

Mudando de assunto...

Como eu já contei por aqui ando bem “a louca dos apps” e a querida Mari do Andpizzazz alimentou ainda mais esse meu vício fazendo um post sobre três apps que eu não conhecia e já fiquei doida de vontade de testar. O Itranslate (tradução), PicBeauty (fotografia) e WifiPhoto (armazenamento de arquivos na nuvem) parecem ser bem legais – e úteis – nesse mundo de aplicativos que tem por aí fora. Vale o clique no texto pra conhecer um pouquinho melhor sobre cada um deles.

Mudando de assunto...

Nessa semana a edição nº12 da Lagarta foi ao ar e, se numa situação normal eu já ficara super feliz por isso, com essa edição que eu considero minha preferida foi imensamente gratificante vê-la lindona no ar.

Dessa vez nós falamos sobre “Memória” e tem uma pá de entrevistas, editorias, textos literários e um montão de coisas lindas nas suas páginas. Aqui tem o link pra ver a revista toda e aqui pra quem quiser ver o meu texto.

Ah! E essa edição foi ainda mais especial porque foi a estreia do Diego, meu namorado, como programador oficial da revista. Agora somos um casal lagártico hihi.

Pra quem quiser seguir a Lagarta nas redes sociais, é só clicar:

Twitter | Facebook | Instagram 

Mudando de assunto...

Ando muito empenhada em ressuscitar meu tumblr que tava juntando poeira há mais de um ano. Daí que na caça de novos tumblrs pra seguir e me inspirar, descobri o “Pretty Foods”, que tem um nome bem auto explicativo e as fotos de comida mais suculentas e belas e irresistíveis ever. Dá vontade de pegar a bolsa, ir pro restaurante mais próximo e fazer muita gordice hahaha.

Mudando de assunto...

Uma amiga muito querida (e bota muto nisso), a Bárbara Carneiro, acabou de voltar de um intercâmbio na Argentina. Como ela é uma fotógrafa-gênia, recheou o seu flickr de fotos surreais de lindas, que fazem a gente esquecer tudo que tem em mente e só pensar em ir passar uns tempos na terra do Che Guevara.

Vale o clique no flickr todo dela, que é um suspiro de poesia e beleza em meio aos tempos tão difíceis que temos atravessados aqui no Brasil.

Bisous!