Wishlist de decoração

Como eu contei há pouco tempo aqui no blog, eu e Diego estamos com planos de mudar em breve de apartamento. São vários motivos que têm contribuído pra essa decisão, mas um dos mais importantes é que nós queremos sair daqui para um lugar mais espaçoso (de preferência uma casa), em que a gente possa distribuir melhor os móveis e cacarecos pelos cômodos, e que os gatinhos tenham mais espaço para brincar.

Ainda que a gente não tenha nada concreto em vista (estamos procurando, mas os alugueis estão desanimadores de caros), já tenho várias ideias de decoração que quero colocar em prática. Algumas são bem antigas e nunca rolaram de acontecer simplesmente porque não temos espaço para isso no apartamento em que moramos hoje em dia. Outras são vontades mais recentes que eu até já poderia fazer, mas que prefiro esperar a casa nova pra realizar. Aquele sentimento de começar uma nova fase, sabem?

Mostrei aqui embaixo algumas dessas vontades que eu tenho e que espero mesmo que rolem de acontecer em breve. Contem depois nos comentários quais são as suas!

Cabides customizados

Foto de Jess Vieira do blog O Mundo de Jess

Um dia desses, zapeando pelo pinterest, topei com essa foto aqui de cima e quase morri de amores. Cliquei no link para ver da onde ela vinha e fui parar no blog  O Mundo de Jess, que eu já tinha visto algumas vezes aí nessas minhas andanças pela internet, mas que pela primeira vez parei pra ler e olhar com calma. E preciso muito contar que o resultado foi que descobri um blog lindo, cheio de posts bacanas, que vale muitooo a a pena conhecer.

A foto é de um post onde a Jess ensinava em vídeo como fez para customizar os cabides da arara dela. E como além de uma cômoda, eu também uso uma arara pra guardar as minhas roupas, a ideia dos cabides personalizados me encantou demais

Desde então venho alimentando essa vontade na minha cabeça de que quando me mudar, vou comprar vários cabides novos de madeira, todos iguaizinhos (os da minha arara são todos desparcerados) e botar em prática esse tutorial. Ah, ainda nessa onda eu quero comprar ao menos uns três cabides de veludo (do mesmo formato que os de madeira) pra deixar no final da arara e pendurar aquelas roupas mais chatinhas que teimam em ficar escorregando.

Penteadeira

Penteadeira da Bá do Tudo Orna

Eu sou doida pra ter uma penteadeira já faz muito tempo, mas a vontade só tomou forma concreta mesmo depois que eu achei a penteadeira que eu queria, sem tirar nem por, com todos os detalhes que eu imaginava. Sair da loja sem ela foi muito triste, mas como no meu quarto atual não caberia nem meia penteadeira, uma inteira então, nem pensar.

Por outro lado, no entanto, foi bom. A gente sabe que penteadeira não é um móvel barato e como eu odeio parcelar as coisas (sério, eu só uso cartão de crédito em último caso!), tô guardando uma graninha pra poder pagá-la de uma vez, sem dor de cabeça.

Essa é a “mudança” que quero realizar em primeiro lugar na casa nova, então imaginem minha ansiedade! Em um mundo ideal, aliás, o novo lar teria um quarto extra pra funcionar como closet e ela iria ficar lá, linda e charmosa, sem nem precisar roubar um espaço extra do quarto. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

E ah, a penteadeira linda daqui de cima é da Bá do blog Tudo Orna.

Cantinho de flores

Flores de verdade pra embelezar e perfumar o cômodo

A minha irmã decorou vários cantos da casa dela com flores lindas, naturais, super chamativas. E é incrível o tanto que elas têm durado por terem ficado em locais estratégicos, onde recebem luz na medida certa.

Eu amei muito a ideia e como tenho gostado cada vez mais de flores naturais na decoração, pensei em criar um cantinho assim em algum dos ambientes da casa nova.

O ideal é que elas ficassem em um lugar bem afastado dos gatos, pra não ter perigo deles pularem e derrubarem nada, mas, se isso não for possível, pensei em optar por um lugar com piso frio e em jarros transparantes que não fossem de vidros. Essa seria uma forma de se precaver no caso de algum acidente hehe.

O móvel daqui de cima, aliás, fica em um estúdio super bonito, cheio de ideias de decoração bem legais. Tem tudo aqui no blog espanhol de decoração Estilo Deco.

Quadro de inspirações

Pra olhar e se inspirar todo santo dia

Uma amiga já tinha me cantado essa bola, mas foi só mesmo nos últimos tempos que eu me apaixonei de vez por essa ideia de um “quadro de inspirações”. Na real eu nem sei se existe um nome específico pra isso aqui no Brasil, mas lá fora já vi ele sendo muitas vezes chamado de inspiration board e achei a tradução literal a forma mais acertada mesmo de chamá-lo. Afinal, ele é exatamente isso: um quadro (que pode ser de outros tipos de materiais além de arame) em que colocamos todas as nossas ideias e inspirações. Objetos, fotos, revistas, desenhos que nos tocam e que nos instigam.

A ideia é linda e acho que pra mim vai funcionar super, porque sou bastante influenciável pelos objetos, cheiros e visual do ambiente.

Pra ver a decoração completinha do apartamento em que fica o inspiration board daqui de cima, é só clicar no link.

Ps: como vocês devem ter notado, sábado e domingo não tivemos post. Eu juro que tentei, mas eu mal parei em casa no final de semana e não tive mesmo como escrever. Mas, daqui pra frente, seguimos com a programação normal. Vou postar de segunda a sexta até o final de abril, fechado?!

Bisous, bisous e até amanhã!

Sobre vestidos que fazem sonhar

Ontem o blog foi convidado a ir até a loja Noivas Ideias daqui de Bauru para o coquetel de lançamento da sua mais nova coleção de vestidos de noiva, a Poéme, da marca Nova Noivas. E eu fui muito curiosa para o evento, porque ainda que esse seja um tema do qual eu não costumo falar muito por aqui, eu tenho uma admiração bastante grande por vestidos de noiva.

Não é segredo para ninguém que eu não penso em ter um casamento de véu e grinalda, com festão, igreja e tudo mais. Eu já comentei isso algumas vezes aqui no blog e talvez um dia escreva um texto explicando um pouco melhor o que eu penso sobre o assunto. Mas acontece que ao longo desses meus 26 anos de vida, muitas mulheres cruzaram o meu caminho, e eu ficava intrigada como muitas delas tinham uma relação de amor tão grande com esse vestido.

Para elas, aquilo era muito mais do que uma roupa. Era parte de um sonho gigantesco, de um desejo maior, e tinha um significado muito especial na vida de cada uma. E quando a gente percebe esse tipo de coisa e vê esse tipo de amor repetidas vezes, não tem como não parar pra pensar no assunto.

E foi só quando eu fiz isso e parei pra olhar e refletir, que eu descobri que ainda que vestidos de noiva não fizessem parte do meu sonho, eu os admirava imensamente por fazerem parte do sonho de tantas outras mulheres.

No lançamento que pude conferir ontem, essa admiração não ficou para trás. Primeiro porque a coleção é deslumbrante, toda inspirada na poesia e faz jus há uma marca especializada no segmento, que tem 30 anos de estrada e um cuidado muito grande na confecção de cada peça. Além das coleções de pret-à-porter, eles possuem também modelos exclusivos de vestidos e vários tipos de acessórios para noivas.

Outra coisa legal da noite de ontem foi que enquanto o evento rolava no piso térreo da Noivas Ideias, eu tive a oportunidade de conhecer a parte de cima da loja, onde ficam todos os vestidos do seu acervo – e que tem uma pequena parte mostrada aqui, na foto que abre esse post.

É difícil explicar racionalmente isso, mas essas salas parecem ter vida própria. Tanto na área voltada para o público masculino, que tem casacos, fraques e ternos, quanto na feminina, que tem vestidos e acessórios paras noivas. Tem algo a mais ali, que eu não sei bem dizer o que é (talvez a boa energia e felicidade de todo mundo que passa por lá?), mas que deixa uma sensação boa e que te inspira quando você põe os pés no lugar.

Para quem quiser ver em detalhes os vestidos da coleção Poème, é só clicar aqui para conferir todo o catálogo da coleção.

E queria aproveitar pra deixar um parabéns pra loja Noivas Ideias, que há mais de 20 anos no mercado vem mostrando um trabalho super sério e de respeito ao universo dos vestidos de noiva, e um agradecimento especial a Lu Oliveira da Lettera Comunicação pelo convite do evento.

Bisous, bisous e bom final de semana pra todo mundo (amanhã eu volto!)

O outro lado de um romance (estrelando Gigi Hadid, Zayn Malick e a Vogue de maio)

Lá se vão muitos meses desde que escrevi esse texto aqui, falando sobre a W de setembro e a nova geração de modelos (agora nem tão nova, né?) que surgiu nos últimos anos. Mas confesso que mesmo depois de tanto tempo, minha fase de amor pela Gigi Hadid, uma dessas modelos que despontou como um meteoro no mundo da moda, ainda não passou.

E essa semana, além de tê-la visto como jurada do episódio de Snatch Game da oitava temporada de RuPaul’s Drag Race (volto a recomendar que vocês assistam essa season porque ela tá maravilhosa!), a vi também em um editorial lindo divulgado pela Vogue US e que estará na edição de maio agora da revista.

Mas como dá pra ver nas fotos que abriram esse post, Gigi não aparece sozinha no editorial. Zayn Malick, aquele que queria ser um cara normal de 22 anos, aparece nas fotos como o par romântico da modelo. E se já seria interessante por si só juntar duas grandes estrelas em um editorial como esse, imagine então juntar especialmente ESSAS duas estrelas, que vem namorando desde o final do ano passado e que acabaram se tornando um dos mais jovens casais do show business.

Quando colocado nesses termos, – que são meio duros e cínicos, eu admito, mas que são reais – eu fico aqui imaginando como deve ser ter um relacionamento tão exposto assim na mídia. Quando ao invés de apenas uma outra pessoa, você precisa lidar com toda uma legião de fãs, haters, fofocas, invenções, flagras, intromissões…

Por isso acho esse editorial da Vogue ainda mais especial. Ele faz questão de falar do outro lado desse romance público. Do lado que só faz bem, que só faz a gente sorrir, que só faz a gente sentir a felicidade dos dois. Do lado que só mostra de fato um cara de 22 anos (agora 23, na real) apaixonado por uma menina de 20. Linda, feliz e apaixonada tanto quanto por ele.

E ah, que fala também de um casal que tem uma sorte de poucos, afinal quantas pessoas no mundo já tiveram uma tarde de namoro registrada pelas lentes do Mario Testino, em Nápoles, usando roupas da Dolce & Gabbana, Prada, Miu Miu e Victoria Beckham?

Em ambientes externos ou fechados, pretas ou brancas, as fotos estão maravilhosas e com uma luz que soa de uma naturalidade apaixonante. É como se fosse tudo apenas luz natural. Entrando pela janela enquanto eles se beijam, aquecendo o lençol da cama e iluminando o rosto de Gigi.

E ainda que o ensaio seja do casal, eles também têm seus momentos individuais no editorial,  algo que, coincidência ou não, mostra um pouco do que vem acontecendo na vida real: Gigi vem brilhando mais do que nunca, seja nas passarelas, nas fotos ou mesmo nas redes sociais, onde ela é um fenômenos inquestionável. Enquanto isso, Zayn estreou com seu primeiro álbum na carreira solo, Mind of Mine, no topo da parada da Billboard. Um feito, no mínimo, louvável.

Pelo menos pra mim, provas bastante concretas de que a felicidade de um par é uma consequência bastante direta da felicidade de cada um.

Bisous, bisous e até amanhã!

Os cinco de março

Todas as fotos desse post são do meu instagram @paulinhav.

Faz um tempinho descobri os desenhos maravilhoso da ilustradora Giovana Medeiros, que tem um traço lindo e super delicado. Pra quem ficou curioso, no site da Giovana e na sua lojinha online dá pra ver os vários tipos de trabalhos que ela realiza com essas ilustras, como cartões-postais, zines e marca-páginas todos decoradinhos. Acreditem quando eu digo que é de chorar de lindo!

Em março comprei dois cartões-postais dela, esse da Mary Poppins e do Edward Mãos de Tesoura daqui de cima. Eles são ainda mais incríveis pessoalmente e vieram em um pacotinho muito fofo, que mostra o cuidado que a Giovana tem em todo o processo, desde a criação das imagens até o envio da compra.

Os dois agora estão decorando a minha mesinha do computador e confesso que é muito gostoso ter essas imagens aqui perto quando estou escrevendo post pro blog. Me sinto ainda mais inspirada.

O Bangkok é um restaurante daqui de Bauru especializado em comida tailandesa, mas que tem no seu cardápio algumas opções de outras nacionalidades também. Eu amo ir lá pra comer Bloomin Onion, aquele prato de cebola que parece uma flor, sabem? O deles é maravilhoso!

No mês passado eles mudaram de endereço e reabriram com uma decoração e proposta bastante diferente. Além do clima todo soturno do lugar, com uma luz bastante baixa e vários pontos de luz com objetos em neon, mais a noitinha eles começam a ter música ao vivo e o ambiente vira algo no estilo de uma baladinha. Achei bem legal e no que depender de mim, Bangkok que me aguarde que vou sempre voltar!

Quem me acompanha nas redes sociais ou lê o blog sabe que em março eu mudei bastante meu visual e cortei esse tantão de cabelo aí de cima. Como eu contei aqui nesse post eu tô muito feliz com essa mudança, especialmente por ela ter acontecido nesse momento e por ter parido de uma decisão e vontade minhas – e não de mais ninguém.

Ainda tenho errado bastante na quantidade de shampoo que coloco na mão quando tô lavando o cabelo e de vez em quando esqueço completamente do novo corte e passo a mão na parte de trás da cabeça, esperando encontrar aquele cabelão. Mas toda hora que faço isso, acabo sorrindo e pensando no quanto foi maravilhoso mudar.

Em um dos domingo de março fiz um programa que sempre amo repetir: ir ao brunch do Alameda e me deliciar com as comidas maravilhosas que eles têm lá.

O Alameda é uma galeria daqui de Bauru que todos os domingos faz esse brunch recheado de pães, bolos, doces, omelete, tapioca, frios, frutas, sucos, danones, cafés e mais um monte de comidas muito, muito boas. Começa as oito e vai até o meio-dia, então é uma delícia pra ir com alguém e ficar longas horas comendo e batendo um papo.

Eu e o Di já fomos algumas vezes e em todas as situações, é sempre a mesma história: nunca sei por onde começo a comer de tanta comida boa e bonita que tem hehe.

Ainda não temos nada concreto em vista, mas eu e Diego estamos pensando seriamente em mudar de apartamento. Nesse meio tempo, qualquer coisa relacionada a decoração tem feito meu coração bater um pouquinho mais acelerado, já que fico pensando nas mil possibilidades que essa fictícia e futura casa pode me dar em termos de decorismos.

Se eu pisar em lojas de decoração como essa daqui de cima, aí então é que não param de brotar ideias na minha cabeça. Acho que até o final desse mês, compartilho inclusive algumas delas aqui no blog.

POSTS DE MARÇO

Pois é, março foi um mês bastante parado aqui no blog, mas em abril tô compensado! Caso vocês não tenham reparado, eu fiquei muito animada com o VEDA que anda rolando no Youtube e acabei trazendo a ideia pra cá, adaptada em textos. Portanto, estamos tendo posts TODOS OS DIAS em abril aqui no blog. Isso faz parte das minhas metas pra ter mais foco em 2016 – lembram que escrevi sobre isso lá no comecinho do ano? – e devo falar disso mais pra frente em outro post.

FILMES DE MARÇO

  • Thelma & Louise | Ridley Scott {1991}
  • Zootopia | Byron Howard e Rich Moore {2016}
  • Ex Machina | Alex Garland {2015}
  • Batman vs Superman: A Origem da Justiça | Zack Snyder {2016}

Bisous, bisous e até amanhã!

Poderosa como uma super-heroína

Eu sei que falar de capas com um calor de 40º escaldante lá fora é quase uma ofensa, mas entendam que eu tô com tanta saudade de dias mais friorentos que fico vendo um monte de fotos inspiradoras nesse estilo no pinterest, já pensando no que vou usar quando a próxima brisa bater por aqui.

E nesse apanhado de imagens lindas o que mais tem me chamado a atenção são mesmo as tais capas, que eu concordo que podem causar um pouquinho de estranheza no começo, mas que com tanta beleza logo nos conquistam (assim, muito rápido mesmo) e nos deixam com vontade de sair passeando com uma delas por aí.

Gigi maravilhosa Hadid

Eu acho o máximo como essas capas (as do super-heróis também, mas no caso aqui estamos falando mesmo sobre as de streetstyle) são praticamente um look completo de tão imponentes e poderosas que ficam. Desde as menorzinhas (essas acima do quadril, as capelets) até as enormes, que funcionam quase como um sobretudo.

Eu não tenho nenhuma ainda no armário, mas quero comprar um modelo antes de junho, pra poder usar na minha viagem de férias. Tenho tanta dúvida de qual modelo investir (e também em qual lugar comprar) que prefiro antes montar minha pastinha de referência – e que no caso, acabou virando esse post aqui haha – antes de decidir.

Valentino Pre-Fall 2015

Valentino Pre-Fall 2015

A la anos 60

Blair Eadie do Atlantic Pacific

Blair Eadie do Atlantic Pacific

Valentino Pre-Fall 2015

Blair Waldorf

Blair Waldorf

Betty do Le Blog de Betty

Betty do Le Blog de Betty

Pierre Cardin

Pierre Cardin

Tadashi Shoji's Fall 2014

Tadashi Shoji’s Fall 2014

E vocês, alguém aí tem alguma? Têm vontade de usar? Contem aqui nos comentários!

Bisous, bisous e até amanhã!