Todas as fotos desse post são do meu instagram @paulinhav.

Em julho aconteceu um evento de food trucks aqui em Bauru e eu fiz questão de dar uma passada por lá pra experimentar algumas das comidinhas que tavam rolando. Além de comer um croque monsieur delicioso, também tomei um milkshake divino na Kombosa – uma fod komb que de tão charmosa dava vontade de morar dentro!

Além de ser um veículo super gracinha, todo pintado em tons de rosa e azul bebê, eu fiquei envolvida por todo o estilo que eles têm, que vai desde o uniforme dos atendentes (macacões!), até o jeito elegante de servir, os nomes engraçados das bebidas, o sabor tão bem executado do milkshake… Virei fã de verdade! Pra quem ficou curioso, no site deles é possível conhecer mais sobre a marca e entender um pouco dessa pegada retrô que eles possuem.

Em outro final de semana de julho teve a festinha da Ari, que resolveu juntar todos os seus amigos em um único lugar. O resultado foi muita comida, muita bebida e  uma playlist absurda de boa que empolgou todo mundo. As músicas rolaram noite adentro (mostrei minha coreo de Stop das Spice Girls no snpachat, me sigam lá: @little_blog) e tiveram muitas fotos no meio do caminho pra registrar o momento. Essa daqui de cima com o Diego foi a que acabou indo para o Instagram, mas ela faz parte de um pequeno “book” que começa super sério e termina comigo estatelada no chão depois de ter sido carregada e girada por ele. Pois é, nosso jeitinho haha.

Eu sei que é covardia postar uma fotos dessas por aqui, mas eu preciso compartilhar essa descoberta com vocês! Que me desculpem as carnes do Madero, – que são sim deliciosas, claro – mas a grande estrela de lá pra mim é esse brigadeiro de panelinha. A sobremesa não é barata, mas vale cada real investido: quentinho, com gosto de chocolate de verdade e com uma cremosidade difícil de colocar em palavras, só experimentando mesmo pra entender!

Em julho foi a primeira vez que eu fui ao Madero (no “tradicional” jantar de dia 17 que sempre faço com o Di), mas se as outras sobremesas forem tão boas quanto essa, pode apostar que eu vou voltar lá muitas outra vezes.

Foi muito difícil achar um dia e um horário pra reunir toda a turma dessa foto em uma mesmo lugar, – e mesmo assim ainda ficou faltando algumas pessoas queridas – mas nós finalmente conseguimos! A turma do tablado, como a gente carinhosamente gosta de se chamar, se reuniu dessa vez não para tomar café, mas sim para jantar, e contamos até com a participação especial do Rafinha que tá dando seus primeiros passinhos. Uma fofura, gente!

Acho que vai demorar pra conseguirmos fazer um round 2 desse encontro, mas não ia achar nem um pouco ruim se rolasse uma reunião assim todo mês.

Às vezes eu encano com alguns objetos de decoração e não há o que me faça não ficar pensando em como aquilo ficaria na minha casa, onde seria um lugar legal do meu quarto pra eu colocá-lo, onde que eu poderia comprar (fazer ou garimpar) a tal coisa sem desembolsar tanta grana… Enfim, decoração é algo que me inspira mesmo e de tempos em tempos eu tenho umas vontades meio malucas sobre o assunto haha.

Esse estilo de estofado da foto daqui de cima (que depois de perguntar no Instagram eu descobri que se chama capitonê) é minha nova crush do momento. Eu fico pensando quão lindo seria ter uma poltrona bem grande e aconchegante toda feita desse estofado. Acho bonito, elegante e com um ar de antiguinho que me derrete de amores.

É provável que eu não consiga fazer isso tão já, afinal não tô podendo gastar muito em móveis e meu quarto já tá suficientemente abarrotado de coisas, mas quem sabe no ano que vem, se uma mudanças que eu tenho vontade de fazer se concretizarem, eu não consiga a minha tão sonhada poltrona?

E me contem, como foi o o mês de julho de vocês?

Bisous, bisous